1/22/2009

Introdução Básica Sobre Fungos

Por muito tempo os fungos foram considerados vegetais mas a partir de 1969, foram classificados em um reino à parte, o Reino Fungi (TRABULSI et al., 1999). São tambem conhecidos como bolores, mofos ou cogumelos, estão interferindo constantemente em nossas atividades diárias.

Características

Os fungos constituem um grupo de organismos em que não ocorre clorofila (são heterótrofos). São geralmente filamentosos e multicelulares. O crescimento é em geral apical, mas normalmente qualquer fragmento hifálico pode dar origem a outra formação micelial quando destacado e colocado em meio apropriado. As estruturas reprodutivas são diferenciadas das vegetativas, o que constitui a base sistemática dos fungos (PUTZKE e PUTZKE, 1998). Alguns podem ser microscópicos em tamanho, enquanto outros são muito maiores, como os cogumelos e fungos que crescem em madeira úmida ou solo. Os fungos formam esporos, que são dispersos por correntes de ar (PELCZAR et al., 1996), encontrando-se no solo, na água, nos vegetais, em animais, no homem e em detritos, em geral (TRABULSI e TOLEDO, 1996).
O Reino Fungi é dividido em cinco filos: Oomycota que compreende os fungos aquáticos: Zygomycota os fungos terestres; Ascomycota as trufas, bolores verdes, amarelos e vermelhos; Basidiomycota os cogumelos, ferrugens e carvões; Deuteromycota fungos do tipo Penicillium.

Reprodução

Os fungos se reproduzem em ciclos assexuais, sexuais e parassexuais. A reprodução assexuada ocorre através de brotamento, fragmentação e produção de conídios. A reprodução sexuada culmina na produção de basidiósporos, no caso de basidiomicetos.A reprodução parassexuada consiste na fusão de hifas e formação de um heterocarion que contém núcleos haplóides. Apesar de ser raro, o ciclo parassexual é importante na evolução de alguns fungos (PELCZAR et al.., 1996).

Nutrição

De acordo com a nutrição, os fungos são classificados em duas categorias: saprófitas (ou sapróbios) e parasitas. Os saprófitas se alimentam de matéria orgânica animal ou vegetal morta e os parasitas vivem dentro de ou sobre organismos vivos (animais ou vegetais), deles retirando seus alimentos, absorvem nutrientes em vez de ingeri-los, secretando enzimas digestivas no substrato onde se desenvolvem. Essas enzimas catalisam a quebra de moléculas grandes em moléculas suficientemente menores para serem absorvidas pela célula fúngica. Por essa razão, os fungos crescem dentro ou sobre os alimentos (RAVEM, 2001).
Desenvolve-se geralmente em meios contendo um pH baixo, uma fonte de carbono uma fonte de nitrogênio orgânico ou inorgânico e alguns minerais. Alguns necessitam de vitaminas. (PELCZAR et al., 1996).

Utilização

Os fungos são muito utiliuzados industrialmente como o Penicillium (Figura 01) utilizado na fabricação da penicilina e o Aspergillius niger na fabricação da progesterona e ácido cítrico, na obtenção de exopolissacarídeos com potencial terapêutico (ROSADO et al., 2003; WISBECK et al., 2002; FAN et al., 2001; MAZIERO et al., 1998; BURNS et al., 1994), como integradores e aromatizadores de alimentos como sopas e cremes (SOLOMONS, 1975), na maturação de queijos do tipo roque fort e camembert (Figura 02), e na fabricação do saque vinho de arroz pelo fungo Aspergillus orysae.
E quando cultivados em meio sólido formam corpos frutíferos de grande valor gastronômico
Os fungos támbem são causadores de muitas doenças como,micoses na pele ou nas unhas, rinites, bronquites, asma e nas plantações de café, milho e feijão causam a ferrugem que é uma praga que pode destruir plantações.

Leveduras

As leveduras são fungos unicelulares, isto é, formados por uma única célula e, geralmente, não formam filamentos com micélio. São maiores que a maioria das bactérias, podem ter forma oval, podendo ser alongadas e esféricas. As leveduras gostam de açúcar preferindo como habitat, frutas, flores e as cascas das árvores.
As leveduras se reproduzem assexuadamente multiplicado-se por brotamento, processo pelo qual na superfície da célula adulta (célula mãe) desenvolve-se uma pequena saliência (célula-filha) que se transformará numa nova célula
As leveduras são capazes de crescimento anaeróbio facultativo. Podem utilizar oxigênio ou um componente orgânico como aceptor final de elétrons, sendo um atributo valioso porque permitem que esses fungos sobrevivam em vários ambientes. Se é dado acesso a oxogênio, as leveduras respiram aerobicamente para metabolizar hidratos de carbono formando dióxido de carbono e água; na ausência de oxigênio elas fermentam os hidratos de carbono e produzem etanol e dióxido de carbono

Utilização


Saccharomyces cerevisiae, S. ellipsoideus e S. calbergensis, são agentes normais da fermentação alcoólica utilizada na fabricação de vinhos, cervejas e fermentos.
Zygosaccharomyces, tem capacidade de se desenvolverem em líquidos com alta concentração de açúcar. E por isso, responsáveis pela deterioração de mel, melaço e xaropes.
Schizosaccharomyces, muito comum na superfícies de frutos, no solo, no bagaço e em substratos.
Picchia, Hansenula e Debaryomyces responsáveis pela formação de filme na superfície de líquidos de origem vegetal, ácidos.
Endomyces vernalis , utilizável na síntese de produtos graxos.
Endomyces fiberliger, levedura capaz de produzir amilase.

36 comentários:

  1. que legal essas coisas falando sobre os fungos eu achei muito interresante por que eu to fazendo um trabalho sobre fungos e nunca achei que era tão interressante

    ResponderExcluir
  2. e muito interesante eu gostei.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo5/09/2009

    Muito bom, parabéns

    ResponderExcluir
  4. Miriades Magrinelli5/18/2009

    A minha casa esta tomada de fungos, inclusive minha família está com conceiras. As roupas das gavetas ficam com cheiro de mofo. A parte de tráz do guarda-roupa gavetas e prateleiras ficam repletas de fungos, bem como portas, grades, algumas paredes e eu não sei o que fazer.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela iniciativa, com certeza esses textos auxiliarão nossos alunos nas suas pesquisas.

    Vamos passar a diante...


    Abração


    Visite-nos!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo8/06/2009

    marcos horiquini , pesquisou por aqui. legal

    ResponderExcluir
  7. Anônimo4/19/2010

    Gabriel,valeu eu estava precisando dessa pésquisa pra fazer meu trabalho que pena que nao tinha tudo so tinha o reino dos fungos mas nao importa gostei muito disso.Valeu.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo4/20/2010

    muito importante,pois só sabia que causava doenças mas porém tem utilizações importante na nossa vida

    ResponderExcluir
  9. Anônimo5/29/2010

    aiiin pq não posta uma coisa melhor --'

    ResponderExcluir
  10. Anônimo6/08/2010

    mto bom o texto, me ajudou bastante nos estudos para a prova sobre fungos...
    é bom saber um pouco sobre fungos! legal

    ResponderExcluir
  11. mas que matéria maravilhosa, estou bem informada sobre esses fungos que nos rodeiam, gostei da matéria. girlene.

    ResponderExcluir
  12. Anônimo8/22/2010

    é legal esse sait kkk
    mais falatav ser mais elaborado
    DRX

    ResponderExcluir
  13. Anônimo8/23/2010

    eu kiria na verdade saber como eles são para o ambiente aquatico mais tah bomm.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo10/11/2010

    MUITO BOM ESSE RESUMO!

    ResponderExcluir
  15. Anônimo3/20/2011

    acho que deveria postar isso com palavras mais simples e não palavras mais formais.

    ResponderExcluir
  16. Anônimo5/15/2011

    Usei este blog para um trabalho!!!
    Obrigado!!!
    :)

    ResponderExcluir
  17. Anônimo6/15/2011

    aorei tudo daqui pra fazer o meu trabalho
    so nao tinha muitas coisas de fungos mais eu adorei valew
    :)bjoss

    ResponderExcluir
  18. Anônimo10/28/2011

    Por favor, poderia me informar quem é o autor dessa pesquisa. Obrigado!

    ResponderExcluir
  19. Anônimo11/06/2011

    gostei bastante

    ResponderExcluir
  20. Anônimo12/13/2011

    ou valeu ai em agora vou passar de serie

    ResponderExcluir
  21. Anônimo4/20/2012

    gostei bstante

    ResponderExcluir
  22. Anônimo4/26/2012

    Que legal!!É mesmo muito interresante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo8/22/2012

      interesante nada isso nao me ajuda em nada

      Excluir
    2. Anônimo10/03/2012

      ajuda muito na parte de ciencias

      Excluir
  23. Anônimo6/26/2012

    é interessante mais não vai dar para eu fazer meu trabalho de ciências.

    ResponderExcluir
  24. Anônimo8/16/2012

    muito bom me ajudou mauito

    parabens!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Anônimo1/16/2013

    parabéns excelente matéria me foi muito util

    ResponderExcluir
  26. Anônimo3/16/2013

    I was able tο find gooԁ information fгom youг blog ρosts.


    Feеl fгeе to ѵisit my ωeb-site
    - wiki.gultgu.org

    ResponderExcluir
  27. Anônimo3/27/2013

    It's hard to come by knowledgeable people for this topic, but you sound like you know what you'rе talking аbout!
    Thanks

    Havе a look at my web-site :: v2 cigs review

    ResponderExcluir
  28. Anônimo3/31/2013

    Mу oωn boуfriend anԁ that і аbsoultely luv these kinԁs of e cigarettes

    My ѕite: green smoke Or blu cigs

    ResponderExcluir
  29. Anônimo3/31/2013

    i am happу ωth my grееn smoke smoke.
    i boought the starteԁ searchіng foг my son anԁ his wife and then coνinced mу own sisteг to obtain hers.
    we all love thеm

    Also visit my weblοg: http://beanearthling.com/profile/mireyapool

    ResponderExcluir
  30. Anônimo4/15/2013

    Aρpreciating the hard work yοu put into your blog and
    in depth infоrmatiοn you present. It's awesome to come across a blog every once in a while that isn't
    the sаme old rehashed іnformation.
    Great read! I've saved your site and I'm adding уοur RSS feeԁs to
    my Gоogle account.

    Here is my ωeblog - V2 Cigs Reviews

    ResponderExcluir
  31. Anônimo4/16/2013

    Үοuг method of explaining the whole thing in thiѕ article is tгuly good, all can without difficulty know it, Thanks a lot.


    Feel freе tо ѵisit my webpage :: v2 cigs reviews

    ResponderExcluir
  32. Anônimo6/22/2013

    usei para um trabalho

    ResponderExcluir